Unidos por um ideal: Diccionario Panhispánico del Español Jurídico

 

A produção lexicográfica da Real Academia Española é realmente assombrosa: Diccionario de la lengua española, Diccionario esencial de la lengua española, Diccionario panhispánico de dudas, Diccionario del estudiante, Diccionario práctico del estudiante, Nuevo diccionario histórico del español, Diccionario de americanismos e o tema deste artigo: o Diccionario panhispánico del español jurídico. Isso sem mencionar tantas outras ferramentas que a Academia disponibiliza no seu site www.rae.es.

O Diccionario panhispánico del español jurídico conta com 2.220 páginas, organizadas em dois volumes publicados pela editora Santillana. A obra traz cerca de 40.000 verbetes que incluem termos jurídicos oriundos de todos os países hispano-americanos.

Seu lançamento oficial ocorreu no dia 15 de dezembro de 2017 na Universidade de Salamanca, em ato presidido pelo Rei Felipe VI.

É a primeira vez na história do espanhol e do Direito que se publica uma obra dessa envergadura. A Real Academia Española informa em seu site que, em termos absolutos, não há nenhum dicionário com essa missão de abarcar toda a terminologia jurídica de toda a comunidade hispanoamericana. Segundo a entidade, há vários dicionários e enciclopédias com compilações de conceitos jurídicos da Espanha e de alguns países hispanoamericanos, mas nunca havia sido organizada uma obra que englobasse a totalidade dos países americanos de língua espanhola, nem que tivesse utilizado o método lexicográfico utilizado no DPEJ.

É importante ressaltar que o DPEJ se baseia também nas políticas de incentivo à clareza na linguagem jurídica, que tem sido defendida pela Cúpula Judicial Íbero-americana.

Esse dicionário é o terceiro exemplo vivo do trabalho conjunto das 22 academias de língua castelhana existentes no mundo. O primeiro trabalho foi o Diccionario de la Real Academia Española (2001), e o segundo foi o Diccionario panhispánico de dudas (2005).

Trata-se de uma ferramenta de valor inestimável para um tradutor técnico e principalmente para um Tradutor Público e Intérprete Comercial de espanhol, devido à complexidade da tradução do idioma espanhol, que aparentemente é um único idioma, mas que, na prática, engloba 22 realidades linguísticas, culturais e jurídicas parcialmente diferentes.

E já que estamos falando de dicionários, vale lembrar que existe uma versão do Diccionario de la lengua española para smartphones. A versão gratuita pode ser usada somente quando houver conexão com a Internet, mas também encontra-se disponível uma versão que pode ser baixada por R$ 34,90 diretamente da loja de aplicativos do seu smartphone.

Fonte: http://www.rae.es/obras-academicas/diccionarios/diccionario-panhispanico-del-espanol-juridico

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br