É necessário reconhecer firma do tradutor na tradução juramentada?

A Tradução Juramentada é usada para traduzir documentos emitidos em outras línguas, ou ainda fazer uma versão em idioma estrangeiro de um arquivo que tenha sido escrito em português. Com o número crescente de empresas e pessoas fazendo negócios internacionais, a função desses profissionais é cada vez mais importante no mercado.

Neste texto, esclareceremos sobre a necessidade ou não de reconhecer a firma do tradutor em um documento traduzido.

Reconhecimento de Firma em Traduções Juramentadas

Em tese, Traduções Juramentadas não precisam necessariamente da firma reconhecida do tradutor, pois, por lei, este tipo de tradução já goza de fé pública, ou seja, reconhecimento legal. Entretanto, ao depender do órgão ou pessoa a receber a tradução, pode ser feita uma exigência burocrática específica que obrigue o reconhecimento de firma.

Se o documento tiver sido traduzido ao português, qualquer cartório pode fazer o reconhecimento de firma. Entretanto, se o arquivo for traduzido à língua estrangeira, alguns cartórios possuem reconhecimento em inglês, enquanto em outras ocasiões, o reconhecimento de validade fica exclusivamente por conta do país de destino do documento.

Em casos extremos, pode ser necessário um processo chamado de “consularização”, em que o documento precisa do reconhecimento do Consulado ou Embaixada do país de destino. É o caso do reconhecimento de diplomas estrangeiros em alguns países não signatários da Convenção da Apostila da Haia.

Mais dúvidas? Então traremos alguns esclarecimentos adicionais sobre o trabalho do Tradutor Juramentado.

Onde encontrar um Tradutor para contratar?

O serviço de todos os Tradutores Juramentados está submetido à Junta Comercial do Estado de atuação do profissional. Por isso, nesse órgão é possível ter uma relação completa de todos os tradutores, as línguas com que atuam e um contato para a contratação.

Por mais que sejam alocados em nível estadual pelas Juntas Comerciais, um documento com Tradução Juramentada tem validade em todo o território nacional. Por isso, se no seu Estado não houver um tradutor habilitado para trabalhar com o idioma em questão, é possível contratar a atividade de um profissional alocado em outro Estado brasileiro.

Quanto custa uma Tradução Juramentada?

O cálculo dos emolumentos referentes aos serviços de Tradução Juramentada é feito de acordo com a extensão do documento a ser traduzido. Por isso, ao contatar o seu tradutor, será possível obter uma estimativa aproximada com o custo da tradução do arquivo em questão. Os preços são padronizados e divulgados de acordo com a relação estabelecida pela Junta Comercial dos estados brasileiros, e os Tradutores Juramentados estão submetidos a essa tabela de custos.

Sou fluente no idioma estrangeiro. Uma tradução feita por mim tem validade?

Mesmo que você seja especialista no idioma em que o documento for emitido, uma tradução livre não possui força legal ou fé pública. Os Tradutores Juramentados são os profissionais autorizados e reconhecidos por lei para realizar esse trabalho de forma precisa, isenta, imparcial, com fé pública e segurança jurídica.

Quer saber mais? Leia mais de nossos textos!

 

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br