Como se tornar tradutor juramentado em Minas Gerais

A importância do trabalho do tradutor juramentado

O ofício de tradutor juramentado, cujo título oficial é Tradutor Público e Intérprete Comercial, foi regulamentado pelo Decreto 13.069, de 1943, que, em seu Artigo 18 determinou:

“Nenhum livro, documento ou papel de qualquer natureza que fôr exarado em idioma estrangeiro, produzirá efeito em repartições da União dos Estados e dos municípios, em qualquer instância, Juízo ou Tribunal ou entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelos poderes públicos, sem ser acompanhado da respectiva tradução feita na conformidade dêste regulamento.”.

 

Como se tornar tradutor juramentado em Minas Gerais?

O processo é similar em todos os estados brasileiros. Para se tornar tradutor juramentado em Minas Gerais, é preciso passar por concurso público. Os interessados devem ficar atentos, pois não há uma frequência padrão para a realização do concurso. As provas são feitas quando surge demanda.

Se aprovado em concurso, o tradutor precisa se registrar na Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (JUCEMG), sendo necessários os seguintes documentos:

  • Carteira de identidade;
  • Comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral;
  • Certidão de reservista (para o sexo masculino);
  • Comprovante de residência por mais de um ano no Estado de Minas Gerais;
  • Demais documentos, declarações e certidões: consultar a Jucemg.

Com o registro, o tradutor receberá o número de matrícula e a carteira de exercício do ofício, o que lhe permitirá começar a atuar como tradutor público, podendo atuar apenas em Minas Gerais, que é o seu estado de residência.

Para se tornar tradutor juramentado, é preciso:

O tradutor juramentado precisa gostar de lidar com situações e documentos dos mais variados, já que diversas situações podem demandar tradução, desde documentos para fins jurídicos, históricos escolares, documentos médicos, documentos destinados a empresas e muitos outros documentos.

O tradutor juramentado precisa também ter facilidade em lidar com prazos, já que, na maioria dos casos, determinados trâmites possuem prazos a serem cumpridos para a apresentação de documentos.

O tradutor público e intérprete comercial traduzirá fielmente os documentos, incluindo textos, carimbos, selos, símbolos e todo elemento presente no documento, pois são importantes para o entendimento do todo e para a manutenção da segurança jurídica.

 

 

Atualizado por Marisol Mandarino, Carolina Diniz e Dulce Castro em abril de 2018.

 

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br