Qual a diferença entre tradução e versão?

No jargão das Traduções Juramentadas você certamente já deve ter ouvido falar em “Tradução” e “Versão”. Mas, afinal de contas, estes conceitos são diferentes? Na verdade, são. É preciso ir a fundo no significado destas palavras e destas ações para compreender como elas se diferenciam e como isso interfere em uma eventual tradução adquirida por sua empresa.

Neste texto, iremos explicar mais sobre as diferenças entre fazer a tradução e a versão de um texto, conforme definido por Tradutores Juramentados, os especialistas legais em línguas estrangeiras. Fique atento:

Se você procurar no dicionário as palavras “tradução” e “versão” verá que elas podem até ser consideradas sinônimos. Ambas possuem significados e raízes etmológicas semelhantes, entretanto, traduzir está mais relacionado a traslado, enquanto verter está relacionado a desvio. Nessas pequenas sutilezas residem as diferenças aplicadas no momento de um Tradução Juramentada, a fim de deixar o trabalho mais sistematizado para os clientes.

Por isso, memorize a diferença:

Tradução: a passagem de um texto da língua estrangeira para a língua nativa

Versão: o processo oposto – passar um texto da língua nativa para a língua estrangeira.

Existe, em alguns casos, até mesmo diferenciação de preços entre a tradução e a versão, uma vez que o processo é diferente para transmitir um texto para a língua nativa ou para a língua estrangeira. Em alguns casos, a tradução pode ser mais complexa. Em outros, a versão pode ser mais complexa. Tudo irá depender das situações e das informações presentes em cada documento a ser traduzido ou versado.

Para fazer a versão ou a tradução de uma palavra, não basta apenas conhecer o seu significado literal e fazer a troca. Em diversos idiomas, as palavras podem adquirir até mesmo dezenas de significados diferentes para cada situação distinta, o que exige um profundo e certeiro conhecimento da língua.

O contexto em que as palavras, frases e parágrafos são escritos também pode modificar a ideia que quer se passar, e por isso, o trabalho do Tradutor Juramentado, seja em verter, seja em traduzir, é fundamental.

Ora, basta que você faça traduções e versões de textos no Google Tradutor para ver a diferença. Os mecanismos do software apenas trocam palavras, sem fazer o devido reconhecimento com mudança de sentido.

Menos comum dentro do jargão dos tradutores, a palavra “versão” também pode denotar subjetividade ou adaptação do texto da outra língua, enquanto a “tradução” está mais voltada a uma transferência de palavras e sentidos de forma isenta, sem que haja qualquer alteração intencional de ideias e argumentos.

Por isso, ao procurar os serviços de um tradutor juramentado, não estranhe se você ouvir também o termo “versão” e os preços diferem em relação à tradução. Isto é normal, autorizado e tem a ver com as características e exigências que cada atividade impõe ao profissional.

Ao fazer negócios internacionais, não permita amadorismo. Contrate um tradutor juramentado que dê fé pública e validade legal aos documentos de suas ações.

Acesse outros de nossos conteúdos e saiba mais sobre a importância deste profissional!

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br