Qual a diferença entre tradução juramentada e tradução simples?

Tradução simples é toda transcrição de documentos, artigos, sites, e-mails, músicas, entre outros itens, de seu idioma original para o português. A tradução simples é útil quando o item transcrito será usado para fins particulares ou de menor importância, como em momentos em que desejamos traduzir um artigo em inglês apenas para a própria leitura. Nestes casos nosso próprio conhecimento acerca do idioma estrangeiro pode ser suficiente. Na falta de tal conhecimento, serviços da internet como o Google Tradutor nos darão uma mãozinha.

A Tradução Juramentada também consiste na transcrição de algo para o português, no entanto, esta tradução torna válido o documento, para que possa surtir efeito legal no Brasil.

A tradução juramentada é exigida quando o documento traduzido precisa ser válido para tomadas de decisões oficiais, judiciais, de empresas e órgãos públicos e até mesmo de diversas empresas privadas.

Por que um documento estrangeiro só surte efeito legal quando traduzido por tradução juramentada?

O primeiro fator que atesta a necessidade de tradução juramentada para documentos estrangeiros vem do decreto 13.609, publicado em 21/10/1943, que diz:

Art. 18 – Nenhum livro, documento ou papel de qualquer natureza, que for exarado em idioma estrangeiro, produzirá efeito em repartições da União, dos Estados ou dos Municípios, em qualquer instância, Juízo ou Tribunal ou entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelos poderes públicos, sem ser acompanhado da respectiva tradução feita na conformidade deste regulamento.
Parágrafo único – Estas disposições compreendem também os serventuários de notas e os cartórios de registros de títulos e documentos, que não poderão registrar, passar certidões ou públicas-formas de documento no todo ou em parte redigido em língua estrangeira.

O segundo fator que explica tal necessidade são os rigorosos padrões de segurança de uma tradução juramentada. Para realizar traduções, o tradutor juramentado precisa ser habilitado em um ou mais idiomas além do português, passar por concurso público e se matricular na junta comercial do seu estado. A tradução juramentada deve ser feita a partir do documento original, mas aceita-se também documento eletrônico, fax ou fotocópia simples/autenticada para a realização da tradução. O tradutor precisa fazer alusão ao tipo de documento recebido na nota do tradutor. Na tradução, o tradutor transcreve fielmente o documento, incluindo selos, carimbos, símbolos e qualquer outro elemento presente no documento, que podem contribuir para o entendimento geral.

Em casos em que um documento traduzido será usado para tomadas de decisões judiciais, oficiais e empresariais, ter a certeza de que tal documento foi fielmente traduzido por profissional habilitado é um importante fator de segurança.

Onde encontrar um tradutor juramentado?

Clique aqui e acesse a lista de tradutores juramentados habilitados em Minas Gerais.

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br