Como funciona a tradução juramentada?

 

O que é a tradução juramentada?

Esse tipo de trabalho é a tradução de documentos oficiais, como certidões, diplomas, procurações e outros. Por conta da sua natureza mais oficial, ela deve ser feita por um tradutor juramentado, de modo que um documento estrangeiro tenha validade em território nacional. De acordo com o decreto 13.609, estes só passam a ter valor real se estiverem acompanhados de uma tradução juramentada.

Isso significa que uma tradução comum pode ser feita por qualquer pessoa, mas para esse documento ter qualquer peso legal, precisa ser feita por um tradutor juramentado.

Sendo assim esse profissional, além de ser expert na nossa língua e nos idiomas com os quais trabalha, prestou concurso e opera sobre o meio da fé pública, que é a presunção de verdade no trabalho de um servidor. Ou seja, nesse caso, a estimativa de que a tradução será completamente fiel. Isso inclui carimbos, selos ou brasões e assinaturas, de modo a refletir a integridade do documento, visto que ele não o substitui, apenas o complementa. O processo também emite uma via extra que será arquivada no Livro de Registros, garantindo a sua legalidade.

Vale ressaltar que o trabalho tem apenas efeito tradutório, ou seja, um documento falso continua assim e a tradução não dá legalidade a ele.

Como contratar um tradutor juramentado?

Antes mesmo de contratar um profissional é necessário verificar a validade do documento. Para isso, é preciso entrar em contato com a embaixada brasileira no país de origem. No caso de um registro que vai sair do Brasil, é necessário verificar na embaixada estrangeira quais as obrigações locais em relação à tradução.

Após a confirmação do documento o próximo passo é encontrar um profissional juramentado e habilitado nos idiomas específicos. Os servidores são divididos por Estado e podem ser encontrados na Junta Comercial de cada região. Em Minas Gerais, usando o site da Associação de Tradutores Públicos de Minas Gerais, é possível encontrar facilmente uma lista de intérpretes divididos por diversos idiomas. São eles o inglês, alemão, chinês, árabe, espanhol, francês, holandês e italiano.

Também é possível encontrar profissionais de acordo com a cidade. É importante escolher o tradutor mais próximo possível, para evitar gastos com mensageiros ou poupar tempo com grandes viagens, já que a maioria dos trabalhos é feita com o papel físico.

Conclusão

A tradução juramentada é essencial para conseguir que um documento estrangeiro tenha valor oficial em território nacional. Além de ser uma exigência por Lei, esse intérprete é extremamente qualificado e opera sobre o princípio de fé pública, garantindo a qualidade e veracidade do trabalho. Consulte agora nosso sistema de busca para encontrar o profissional adequado para sua necessidade.

Compartilhe

Av. Contorno, 2786 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - Minas Gerais

presidencia@atpminas.com.br